Stewart Granger, a coragem de ter medo

Moralista à sua maneira, Stewart Granger prefere não discutir questões de fé. Todavia acredita que “o homem é para o seu Deus o que ele é para si mesmo”.

O assunto fé não costuma ser discutido por Stewart Granger, principalmente com estranhos. A Igreja Anglicana, na qual Stewart Granger foi criado, não exige tanta servidão quanto outras; segundo a opinião de muitos teólogos, é uma igreja que dá muita liberdade à consciência individual de cada um.

Pelas palavras de Stewart, a gente depreende que ele julga que a maneira como se usa essa liberdade de consciência e de escolha é que determina a sinceridade e a dignidade da crença de uma pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *